Seguir para o conteúdo.

ludicum.org

Ludus em mudanças! Estamos a migrar o conteúdo deste sítio web para o novo ludicum.org.
Secções
Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Entrada » Guia

Guia: como participar no ludicum.org

Document Actions
Breves instruções para os insteressados em contribuir material para o ludicum.org

Como se registar

Os utilizadores registados do ludicum.org têm a possibilidade de contribuir conteúdo para este sítio web.

Para se registar, seleccione o link aderir ao cimo à direita:

você não está autenticado ·autenticação ·aderir

Será assim conduzido ao formulário que terá de preencher. Os campos de preenchimento obrigatório estão marcados com um quadrado vermellho (convenção usada em todos os formulários aqui apresentados). Por razões gerais de segurança, sugerimos que não adopte no ludicum.org uma senha ('password') idêntica a outra que use noutros serviços. No final clique (ao fundo do formulário) em registar para enviar os seus dados.

Se tudo correu bem, poderá entrar imediatamente e pela primeira vez como utilizador autenticado ("fazer log-in") premindo o botão autenticação assinalado para esse fim.

NOTA: Este registo como utilizador é completamente distinto da inscrição na lista de email!

Como entrar autenticado ('fazer log-in')

Se já está registado, pode em qualquer momento utilizar o seu nome de utilizador e a sua senha ('password') para se autenticar e entrar no ludicum.org ('fazer log-in') na qualidade de utilizador registado, com as permissões específicas que lhe foram atribuidas.

Pode fazê-lo quer usando directamente a caixa `autenticação' na coluna da esquerda quer seguindo o link autenticação na barra horizontal ao cimo da página (que o conduz a um formulário em página separada).

Note que para conseguir aceder devidamente autenticado, o seu browser terá de estar configurado para permitir a troca de cookies com o nosso sítio web.

Se tiver entrado com sucesso, notará que a barra ao cimo se alterou:

jmce ·a minha pasta ·preferências ·desfazer ·sair

Como definir as suas preferências

Se na barra ao cimo seleccionar o link preferências, chegará a uma página de acesso a dois formulários:

  • um onde pode alterar a sua senha de autenticação;
  • outro, para configuração de alguns parâmetros:
    • o seu nome (não confundir com o seu 'nome de utilizador', um identificador não alterável a não ser fazendo um novo registo...))
    • endereço de email
    • editor de conteúdo: aqui escolhe a forma como, através do browser, prefere editar o conteúdo de texto de 'documentos' (páginas HTML): ou escrita directa de HTML ou uso do Epoz um editor com uma interface mais "rica" que dispensa o conhecimento de HTML (ver abaixo);
    • aparecimento em listas de membros: desactive esta opção apenas se quiser ser omitido dos resultados de pesquisas de membros (note que o seu endereço de email nunca é automaticamente mostrado a terceiros, em qualquer dos casos);
    • edição de nomes curtos: sugerimos que nunca desactive esta opção -- ela permite-lhe definir o equivalente a 'nomes de ficheiros' para todos os objectos que alojar no ludicum.org, nomes que são usados para fazer os URLs (endereços que se acede a objectos, como o endereço desta página)

A sua pasta, as suas permissões iniciais

Cada utilizador registado tem uma pasta pessoal onde pode colocar material a ser disponibilizado pelo ludicum.org. Assim, por exemplo, os objectos que forem armazenados na pasta pessoal do membro com nome de utilizador 'jnsilva' poderão ser acedidos na WWW com endereços na forma http://ludicum.org/members/jnsilva/...

O link a minha pasta, na barra ao cimo, permite-lhe saltar rapidamente, em qualquer momento, para a gestão do material contido na sua pasta.

À partida, cada utilizador apenas tem autorização para gerir conteúdo armazenado na respectiva pasta pessoal (e sub-pastas dessa). Mas alguns utilizadores são autorizados a gerir conteúdo também em outras pastas. Isso é facilitado pelo mecanismo de delegação de permissões (a apresentar mais abaixo, em breve).

Como adicionar e editar conteúdo

O ludicum.org, como quallquer sítio web construído usando o sistema de gestão de conteúdos Plone, suporta o armazenamento e apresentação de diversos tipos de objectos.

Objectos? O que é isso? Não são os ficheiros do costume?

Desde o início, os serviços WWW suportam, no mínimo, a transferência dos "habituais" ficheiros como sequências de bytes, diferenciados apenas pelo conteúdo e eventualmente por informação que o servidor transmite ao browser de forma a clarificar o tipo do conteúdo. Na forma mais clássica, tratava-se de ficheiros estáticos previamente armazenados no servidor; em alternativa, os ficheiros servidos podiam ser gerados dinamicamente em função de outros dados e do pedido efectuado.

De forma abreviada, pode-se dizer que os sistemas de gestão de conteúdos mais recentes, como o Plone, são o resultado da evolução de conceitos no âmbito daqueles serviços dinâmicos. O Plone suporta o armazenamento e a disponibilização de estruturas de dados e código com comportamentos muito ricos, mas ao mesmo tempo apresenta-se-nos com um aspecto familiar, como o de 'ficheiros' arrumados numa árvore de 'pastas' ('directórios'). De facto, o que vemos como pasta é uma classe particular de objecto que é capaz de 'conter' outros objectos.

Na realidade, do ponto de vista dos utilizadores, várias das classes de objectos disponíveis aproximam-se muito dos clássicos ficheiros, e a diferença mais fácil de notar é o facto de o ficheiro propriamente dito ser acompanhado de alguns dados suplementares e ser suportado por mecanismos especiais de gestão e apresentação.

Então, que tipos de objectos podemos guardar?

Actualmente, pode armazenar no Ludicum objectos dos seguintes tipos:

Pasta
Corresponde ao clássico directório/'pasta', para a familiar arrumação hierárquica do material numa árvore de directórios/'pastas'.
Documento
Usados para guardar documentos ('páginas') em HTML ou texto simples. Além do título e de uma descrição breve, Um Documento contêm só mesmo o 'miolo' de cada página, já que cabeçalho, elementos de navegaçao laterais e rodapé são automaticamente inseridos de forma coerente pelos mecanismos de apresentação das 'páginas'.
Ficheiro
Serve para guardar ficheiros arbitrários que (ainda) não tenham suporte especial noutras classes de objectos. Por exemplo, um documento em formato PDF ou Word deverá ser guardado como Ficheiro.
Imagem
Embora seja possível guardar imagens, em formatos PNG, JPG, GIF e outros, como Ficheiros (ver acima), elas têm suporte especialmente apropriado no tipo Imagem.
Link
Serve para guardar endereços (URLs) de outras páginas, acompanhados de título e breve descrição.
Notícia
É parecida com um Documento (tem título, introdução, corpo), mas especializada para... notícias. Se por exemplo criar uma Notícia algures sob a sua pasta pessoal e essa notícia for aprovada para publicação (ver abaixo), será automaticamente listada na caixa lateral de notícias visível na página de entrada (entre outros sítios).
Evento
Útil para anúncios de eventos: o quê, onde, de que tipo, quando, com que contactos. Quaisquer eventos aprovados para publicação manifestam-se ao público na lista de eventos e através do calendário.
Foto
Forma alternativa de guardar e apresentar imagens, especialmente conveniente para imagens fotográficas. Por exemplo, um ficheiro de imagem guardado como Foto pode ser facilmente visionado pelo público em diversas resoluções. Nota: nada obriga a que só seja criada dentro de Álbuns de Fotos!
Álbum de Fotos
É uma variedade especializada de Pasta. Só pode conter Fotos e outros Álbuns de Fotos.

Mas afinal, como é que guardamos material em objectos? Queremos um exemplo!

Vou exemplificar criando um Documento na minha pasta pessoal. Nos aspectos principais, a criação de objectos de outros tipos é muito semelhante.

Começo por clicar o link a minha pasta (ao cimo). Sou conduzido à 'visão de conteúdo' da pasta http://ludicum.org/members/jmce/:

A 'visão de conteúdo' é uma interface onde se pode ver a lista dos objectos numa pasta, fazer a sua gestão e acrescentar novos objectos.

[Note-se que, quando estamos em acesso autenticado a um objecto (pasta ou outro), a informação apresentada tem aquele cabeçalho verde, com alguns links que permitem navegar por exemplo entre visualização 'normal', administração do objecto, gestão de propriedades adicionais do objecto. Habitualmente há também um link conteúdo: numa pasta, leva à respectiva visão de conteúdo; noutros tipos de objecto, aponta para a visão de conteúdo da pasta imediatamente acima.]

O novo Documento pode ser criado nesta pasta através do selector da esquerda, premindo em seguida adicionar novo item:

... ou, em alternativa mais expedita, nos browsers que a suportam, usando o menu 'adicionar novo item' à direita:

Em qualquer dos casos, chegamos ao formulário de edição do Documento:

Sobre os campos do formulário:

  • O nome curto é o 'identificador' com que o Documento vai ficar naquela pasta: em termos clássicos, é como um 'nome de ficheiro', e é usado também como parte do endereço para aceder ao documento via WWW. Ou seja, é no endereço http://ludicum.org/members/jmce/pi que este documento fica acessível.
  • O título é o título `normal' do documento; e é automaticamente introduzido na apresentação da página, o mesmo acontecendo com a descrição.
  • Neste exemplo, o texto do corpo foi escrito usando o editor 'visual' Epoz porque eu tinha antes configurado esse como o meu 'editor de conteúdo' no formulário de personalização. Se não optar por ele, ou o seu browser não for suficientemente recente para o suportar, o formulário do documento mostrará sempre directamente o código HTML (ou outro tipo de formatação escolhida).
  • O campo transferir conteúdo permite-lhe, se assim o preferir, fazer com que o texto do documento seja copiado de um ficheiro no seu computador: basta clicar no botão Browse... e escolher o ficheiro a transferir. Note que nesse caso é ignorado qualquer texto que tenha inserido no campo texto do corpo. E se omitir o nome curto, é usado como 'nome curto' o nome do ficheiro que foi transferido.

Introduzidos os dados, resta premir o botão guardar.

E se se quiser alterar o que se guardou antes?

Conforme as necessidades, poderá seguir à árvore de navegação à esquerda, os links nas visões de conteúdo de pastas ou outros links até chegar à página do objecto que pretende alterar. Certifique-se que é mesmo esse e não outro; na versão actual passa por vezes despercebido ao utilizador o facto de não 'estar' na página de uma pasta mas 'estar' na página de um objecto nela contido (por ambos terem link para a 'visão de conteúdo' da pasta).

Em seguida, através das 'abas' (verdes) ao cimo com links como editar e propriedades, poderá regressar aos formulários de edição e modificar o objecto.

Publicação e estados de visibilidade do conteúdo

Os documentos, as imagens e os outros objectos ficam automaticamente, quando criados, num estado chamado visível. Neste estado, além de estarem acessíveis a quem os criou, podem já ser acedidos sem restrições via WWW (se conhecido o seu endereço) e encontrados através do mecanismo pesquisas, embora para o público em geral não apareçam listados na árvore de navegação. Em particular, os eventos e notícias apenas 'visíveis' também não aparecem anunciados, respectivamente, nas listagens de eventos e de notícias (caixas laterais e páginas associadas).

Assim, para que o seu material ganhe mais visibilidade integrado no âmbito do conteúdo Ludicum, ele terá de ser passar ao estado chamado publicado. Para tal, terá de o submeter à apreciação de quem tem autorização para, nesse sentido, `publicar': utilizadores com papel especial de 'Gestor' ou 'Revisor'. Como fazer isso?

Como ilustrado abaixo, a interface de administração do seu objecto inclui uma indicação de estado; neste exemplo, estado: visível. Clicando nela, aparece uma lista de acções possíveis. Escolha enviar para submeter o objecto em causa para publicação. Notará que o estado do objecto passa para pendente. Ficará assim até ser apreciado por alguém que o passe a publicado ou rejeite a publicação (caso em que volta a ficar simplesmente visível).

Se tiver muitos objectos para publicar numa mesma pasta (ou se o mecanismo acima não funcionar no seu browser), há uma forma alternativa mais expedita para modificar o estado deles. Diriga-se para a 'visão de conteúdo' da pasta onde se encontram, e seleccione os objectos em causa na coluna da esquerda, como exemplificado aqui, clicando em seguida em alterar estado:

Verá então um formulário onde pode seleccionar (ao fundo) a acção a realizar (novamente Enviar se desejar propôr os objectos para 'publicação').

Sempre que desejar, também pode tornar privado o estado de objectos seus. Nesse caso, ficarão apenas acessíveis a si e aos gestores do ludicum: nem o público em geral nem os outros utilizadores regulares lhes terão acesso.

Como interromper o acesso autenticado ('sair', 'fazer log-out')

Especialmente se estiver a trabalhar em ambiente pouco seguro ou se partilha o uso do seu browser com outros utilizadores, é recomendável que interrompa o seu acesso autenticado de forma a evitar que outra pessoa consiga indevidamente aceder usufruindo das suas permissões.

Para tal basta seleccionar o link sair, na barra ao cimo.

Criado por jmce
Contribuintes:
Última modificação 2004-05-04 11:42
 

Tecnologia Plone

Este sítio está em conformidade com as seguintes normas: